Ônibus de Santos não aceitarão mais dinheiro

Por , em 23 de janeiro de 2013.

Objetivo é acabar com a dupla função de motorista que dirige e cobra sem contratar cobrador.

ADAMO BAZANI – CBN

A partir de abril, os ônibus municipais de Santos não vão mais aceitar dinheiro para pagamento de passagem. A medida foi anunciada pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa e visa diminuir assaltos e acabar com a dupla função de motoristas, mas sem contratar cobradores.

A partir de abril, os ônibus municipais de Santos não vão mais aceitar dinheiro para pagamento de passagem. A medida foi anunciada pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa e visa diminuir assaltos e acabar com a dupla função de motoristas, mas sem contratar cobradores.

A partir de 23 de abril, usuários de ônibus de Santos, no Litoral Paulista, só vão poder pagar as passagens por meio de cartão eletrônico. Não será possível mais pagamento em dinheiro.

Além de diminuir os riscos de assaltos dentro dos veículos, o objetivo é eliminar a dupla função, pela qual o motorista dirige e cobra ao mesmo tempo. Só que em vez de contratar cobradores, a empresa e a prefeitura optaram por abolir o dinheiro nos veículos.

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa anunciou a medida nesta quarta-feira, dia 23 de janeiro de 2013, e disse em entrevista à TV Tribuna de que o número de postos de vendas de cartão de transporte será ampliado.

“Hoje, além de dirigir, eles (motoristas) exercem papel de cobradores. Para isso, a concessionária vai ampliar o número de postos de vendas em toda cidade. Hoje são 32 postos. Até 30 de março serão mais de 100 postos”, disse o prefeito.

Além da ampliação dos postos de venda, que vão incluir estabelecimentos comerciais que funcionem 24 horas por dia, como farmácias e hipermercados, a Viação Piracicabana, operadora dos transportes municipais de Santos, vai vender créditos de passagens pela internet.

O sistema de internet começa a funcionar em fevereiro, mas o objetivo, segundo o prefeito, é criar um ponto de venda ao menos em cada bairro de Santos.

Adamo Bazani, jornalista da rádio CBN, especializado em transportes